terça-feira, 19 de outubro de 2010

Quando ocorre um surto psicótico.

16 comentários:

angel rasne disse...

OLA DOUTOR FABIO MEU NOME É BIANCA E TENHO UM IRMAO QUE ESTA EM SURTO PSICOTICO !!! NAO ESTA BEM ELE ESTEVE INTERNADO NUMA CLINICA PARA DEPENDENTES QUIMICOS EM PINDAMONHANGABA FICOU LA 3 MESES AGORA QUE VIERAM FALAR QUE LA ELE NAO PODERIA FICAR POR QUE O PROBLEMA DELE E MENTAL !!! ENTAO TIRAMOS ELE DE LA , AGORA ELE ESTA EM CASA E MUITO MAL !!! ELE ESTA ANORMAL PRA FALAR A VERDADE NAO SEI O QUE FASER O SENHOR PODE ME AJUDAR NAO SABEMOS SE ELE VAI PRECISAR SER INTERNADO

Elizangela disse...

DOUTOR, ESTOU COM PROBLEMA COM MINHA MÃE, ELA JA NAO TEM MAIS HIGIENE PESSOAL, NAO CORTA MAIS UNHA E CABELO, E PAROU DE TOMAR BANHO E LIMPAR CASA E COZINHAR, E NEM SE ALIMETA DIREITO, EMAGRECEU MUITO, FALA DEMAIS NO PASSADO, E NOTICIAS DE ASSASSINATO, E AGRESSIVA COM CRIANÇAS, E SEMPRE ACHA QUE TEM GENTE SEGUINDO ELA. E TEM MAIS NAO QUER IR AO MÉDICO. ELA NAO TIRA UMA ROUPA DELA JA TEM UNS 5 MESES. O CASO DELA É INTERNÇAO?

vilma pereira disse...

OI DOUTOR,TENHO UMA FILHA QUE TEM 18 ANOS E TEM EPILEPSIA E POUCO TEMPO AGORA OS MÉDICOS QUE ACOMPANHAM DISSERAM QUE ELA TEM SURTO PSICÓTICO NOTEI NELA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO MAIS AGRESSIVA,BRIGA POR QUALQUER MOTIVO,POR QUALQUER COISA,ELA NÃO CONSEGUE FAZER AMIZADES POIS POR QUALQUER MOTIVO ELA BRIGA E FALA DE BATER NA PESSOA FALA O TEMPO TDO,FALA DE MATAR AS PESSOAS AS VEZES NÃO QUER TOMAR OS MEDICAMENTOS POR QUE DIZ NÃO TER NADA QUANDO TEM ESSE SURTO ELA DELIRA E FICA MTO AGRESSIVA AS VEZES TEMOS QUE SEGURA-LA POIS ELA MORDE E TEM UMA FORÇA INCRÍVEL...MINHA PERGUNTA É A SEGUINTE?SERÁ QUE REALMENTE ISSO É UM SURTO PSICÓTICO..POR QUE DESCOBRIRAM ISSO SÓ AGORA..POR QUE TRATAVAM SÓ A EPILEPSIA SE ELA JÁ TINHA ESSES SINTOMAS QUE DIZEM SER UM SURTO PSICÓTICO..GOSTARIA MTO QUE O SENHOR ME ORIENTSSE A ESSE RESPEITO,ANDEI PESQUISANDO E PELO QUE ENTENDI A RESPEITO EXISTE UMA SEMELHAÇA...SE O SENHOR PUDER ME DAR MAIS DETALHES FICAREI AGRADECIDA...OBRIGADA..VILMA.

professoralucineidedantas.blogspot.com disse...

Lucineide Lima
Eu tenho um filho que passou por esse problrma de surto psicótico,está tratando com médico psiquiatra,está bem melhor,o que mais o ajudou foi orações intercessórias e muita fé em Deus .Que todos o que estão passando por esse problema busquem ajuda no médico e busquem ler mais a bíblia pois Deus é o nosso grande amigo.

Bruna disse...

Oi Doutor,bom dia!Doutor eu e meu ex marido, levávamos uma vida bastante saudável, éramos felizes, éramos apaixonados e nos amávamos muito, temos uma filhinha de 2 aninhos (eu era a terceira esposa dele), mas sempre deixava claro que agora era feliz, agora fazia planos para uma vida melhor, e que o melhor prazer do mundo para ele era nós duas; e do nada de um minuto para outro,comunicou-me que não queria mais nada, que estava indo embora e já não me amava mais,e simplesmente foi embora, literalmente nos abandonou, digo com toda força e certeza foi do nada. Doutor podemos dizer que pode sofrer de surto psicótico? Muito grata Bruna

KAKAU disse...

OI DOUTOR TIVE UM SURTO PSICÓTICO OUVIA VOZES ME DIZENDO QUE EU TINHA QUE SAIR DE CASA QUEBREI COISA EM CSA TENHO MEDO DE ACONTECER DE NOVO E DE MACHUCAR QUEN EU TANTO AMO MEUS FILHOS FICARA DESESPERADOS.TENHO BAIXA ESTIMA ME SINTO SÓ SINTO TREMORES NO CORPO QUE DEVO FAZER ME SINTO INCAPAZ PRA TUDO

Caio Almeida disse...

Bom dia doutor, meu nome é caio e sou acompanhante terapêutico de um adolescente de 14 anos que desde julho apresentou episódios de confusão mental, seguida de uma síndrome persecutória e por fim agressividade com figuras especificas de sua família. o médico que o esta tratando acreditou durante 3 meses que se tratava de uma epilepsia, porem, sem sucesso, passou a medica-lo com um anti-psicótico a uma semana e agora as crises vem sendo menos constantes e com menor intensidade.
Eu lhe pergunto doutor, o que posso fazer durante a crise do rapaz? por favor me responda Obrigado caio

Jaque disse...

Bom Dia. Meu marido esta passando por essa situação, ele teve um surto no ano passado, começou a dizer que estava sendo perseguido, começou a sumir de casa e a passar varios dias na rua, eu estava grávida neste período. Parou de se alimentar, e chegou a pedir a separação, pois disse que estava perseguindo ele.
Depois de tantas noites dormindo na rua, conseguimos interna-lo no final do ano. Saiu depois de 12 dias de internação, tomando um remédio muito forte. Começou então fazer tratamento com a psiquiatra, e ela deu um laudo médico para levar ao INSS, recebeu o beneficio no período de 3 meses, depois o INSS cortou, sem que eu percerbessse ele parou de tomar o remedio, e no começo do Mês de Junho teve uma nova crise, saiu de casa e dormiu 4 dias na rua, nosso pastor o encontrou de frente para um cemintério, todo sujo e com vários mendigos. Levamos ao médico novamente, e ao invés de tomar remédios em capsúlas ele tmoa injeção. Só que pelo o que percebi , ele esta entrando em depressão, fala que por causa do remédio não consegue ter nenhum tipo de reação, só tem vontade de ficar deitado, chora com muita facilidade, diz que as vezes sente como se nãoi fizesse parte dessse mundo.
Quando estava em casa , ele ia lavar uma louça, lavar uma roupa e disse que ouvia como se fosse uma voz dizendo a ele que estava fazendo aquilo obrigado.
Cheguei a passa-lo em outro psiquiatra para ter uma segunda opinião, mas foi a mesma coisa que a médica dele disse.
Eu sinto como se meu marido estivesse se entreganda a cada dia, não sei o que fazer, como devo reagir.
Me ajudem, Por favor!!!!

Gay Son of Lesbian Mothers disse...

oi, Doutor, é o seguinte:
minha noiva foi diagnosticada com TPB e surtos psicóticos..
Ainda não tenho como ajudar á pagar um tratamento
(moramos em Goiania e aqui são 200R$ cada consulta)
e queria saber oque posso fazer pra ajudá-la durante os surtos
(com o TPB eu aprendi a "lidar" -com paciência e carinho e respeito-, mas devo admitir que a "desrealização" dos surtos psicoticos me desarma, não sei como me prostar diante á tal abismo de empatia..).
Se puder aconselhar e me esclarecer um pouco, agradeço,
ela é uma pessoa inteligentíssima e interessante e não merece tal sofrimento..

Cantinho da De disse...

Olá Dr., isso aconteceu com uma amiga minha na terça-feira passada, 21/08/2012, ela me ligou apavorada, dizendo pra eu correr pra casa dela e ela num tava muito bem, que o marido dela não acreditava nela, achava que ela estava louca, ela estava vendo algo estranho dentro de casa, nos objetos que eles tinham, tipo: roupas, filmes, etc., achava que tudo tinha demônios, nos objetos e dentro de casa. Sou evangélica, e começamos a orar e jejuar, pq realmente vimos os espíritos que estavam fazendo mal a ela, dps do jejum e das orações, aonde o que estava saiu, ela continuou com as crises, gritava mto, mto mesmo, se batia, batia na gente, a ponto de termos que amarrá-la e levarmos ao psiquiatra, foi horrível ver minha amiga nessas condições, por causa do estado dela ele atendeu dentro do carro. Disse que era um Surto Psicótico, passou remédios, e levamos ela pra casa, ela e nós já estávamos sem dormir há dois dias, a consulta foi as 15:00 e ela só foi dormir na manhã do outro dia, ela esta mais calma, já esta comendo, mas as vezes surta de novo, fica olhando a parede por horas, e ás vezes fica agressiva, espero em Deus que ela melhore logo. Digo para aqueles que estão lendo esta postagem, façam a união da oração e o tratamento, o espiritual e a medicina, e só internem em último caso, a pessoa precisa se sentir mto amada. Abraços

Maria Flor disse...

Prezado Drº Fábio Pires, boa tarde! Por favor, gostaria de esclarecer uma dúvida: o meu ex-marido é um paciente psicótico, e minha filha tem Tricotilomania. Ela corre o risco de também ter psicose? Ela nunca teve surto ou alucinações, é anciosa, e arranca o cabelo, mas não come. Por favor, me esclareça esta dúvida. Obrigada!

Yuri Ishibashi disse...

Boa noite, dr.Fábio,meu marido pela primeira vez depois de 13 anos de convivência está em surto, não sei como começou nem o porque ,estou apavorada e não sei o q fazer nem como agir.Nunca tive nenhuma experiencia ou informação sobre, tem cura dá para ter uma vida normal depois de um surto? Estou com muito medo pois o amo profundamente!!!
Roseana

ÃTÓnio disse...

Boa tarde.
Dada a natureza do seu blog, e os seus interesses imagino eu que profissionais, talvez ache oportuno consultar o meu blog em:

http://omeucasopsiquiatrico.blogspot.pt/

Saudações,

ÃTÓnio

Eide Graciela disse...

Ola bom dia! Meu irmão teve um surto e diagnosticaram ele com esquizofrenia, após uma semana de administração com remédios ele teve uma melhora significativa e concluiu que esta tendo um surto psicótico e que irá melhorar e voltar para a faculdade. Estou com esperanças. Essas doenças psicológicas são muitos complicadas, nos deixam muito preocupadas e sem saber o que fazer.

Bloggerdosamuka disse...

ola doutor, so posso dizer que ja nem sei mais o que tenho tudo começou em 2005 tinha 22 anos ja estamos em 2013 to com 31, so sei que estou muito mal ja nem sei mais se estou na realidade ou fora dela, penso em me matar todor os dias...

José Dias disse...

olá doutor,meu cunhado está sofrendo de um surto e eu gostaria de saber quanto tempo dura mais ou menos.ele já se consultou com um pisquiatra mas o remedio nao esta fazendo ele dormir,ele dorme somente umas 4 horas por noite...grata